MERMITÍDIOS


Os Mermitídios (Nematomorpha: Mermithidae) são parasitas internos cujas larvas infetam principalmente aranhas entrando no corpo diretamente ou através da alimentação. Uma vez dentro, o verme obtém alimento a partir dos fluidos corporais, glândulas digestivas, músculos e gônadas (causando até uma castração parasitária). Neste processo, o verme libera proteínas que imitam as proteínas produzidas pela aranha e controla o seu sistema nervoso central, afetando os sinais químicos que vão para o cérebro.
Como consequência, a aranha se torna progressivamente debilitada, mas não a ponto de morrer. Isto porque seus órgãos vitais geralmente permanecem intactos, apesar de todo abdome, e muitas vezes parte do cefalotórax, serem preenchidos pelo verme que cresce muito. E por fim, o verme explode para fora do corpo da aranha que finalmente morre.
Porém, antes de morrer, a aranha tem muitas vezes a desempenhar uma tarefa “ordenada” pelo seu parasita. Em alguns mermitídios, a fase final de vida livre é aquática, de modo que torna-se vantajoso se no momento de deixar o corpo da aranha ela esteja próximo ou dentro d’agua. E então, o verme parece capaz de induzir a pobre a procurar água antes de morrer. O verme parece provocar uma sede incontrolável, uma vez que se alimenta de todos os fluídos da aranha.
Esse controle das atitudes da aranha parece ser tão poderoso que muitas vezes enlouquecida, ela salta para dentro d’agua (um riacho, poça ou até piscina), num ato totalmente suicida.



Fonte: Karlla patricia - bióloga

posted under |

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Translate

"Viage nessa classe do filo Artrópode, onde as espécies mais conhecidas são: aranhas, carrapatos, escorpiões, (...)"
Loading...

Liga das Florestas

    Quem sou eu?

    Tamyris Mello

    Minha lista de blogs

    Seguidores


Recent Comments